R: Rio Grande do Norte, 595
Sumarezinho - Ribeirão Preto - S.P.

Trinken é Chopp Boreal

  • WHATSAPP TRINKEN CHOPP BOREAL
  • Palavra do especialista

    A arte de beber
    Muita gente sempre pergunta qual a diferença entre cerveja e chope (também chamado de  chopp). Que a principal diferença é a pausterização, geralmente feita na cerveja e não feita no chope, a maioria já sabe. Mas será que para por aí?

    Diferenças reais e legais
    A legislação brasileira, por sua vez, nos dá uma visão diferente, ela distingue o chopp da cerveja pela pasteurização – processo que objetiva garantir a estabilidade biológica. De acordo com a lei o chopp é uma cerveja não pasteurizada, como prevê o decreto Nº 6.871 que regulamenta a classificação de bebidas.Art. 37.  III – a cerveja deverá ser estabilizada biologicamente por processo físico apropriado, podendo ser denominada de Chope ou Chopp a cerveja não submetida a processo de pasteurização para o envase; O grande porém é que sempre que usamos o termo “chopp” nos referimos à cerveja servida na chopeira, sem nem pensar se a bebida passou pelo processo de pasteurização ou não. Essa forma servir a bebida é conhecida em outros países como Draught beer, Tap beer, Bière à la pression, Fassbier etc, que nada mais é do que uma indicação de que a cerveja é servida diretamente de um barril, sem que seja engarrafada ou enlatada.Um pouco confuso, mas deu pra entender? O termo era relacionado à quantidade de cerveja servida, com o temos passou a ser usado para indicar a forma que ela é servida, enquanto a legislação propõe uma distinção quanto a pasteurização ou não.

    FABRICAÇÃO
    Nos primórdios da história desta bebida, que tem seu surgimento datado há cerca de 6000 a.C., não havia diferenciação entre chopp e cerveja. Na verdade, a palavra “chopp” – que deriva do alemão “schopp” –  surgiu após centenas de anos para designar uma unidade de medida de exatamente 300 ml. Com o passar do tempo, a palavra começou a ser utilizada para indicar a bebida.
    Atualmente, muitas cervejarias, como a Edelbrau, diferenciam o chopp e a cerveja, pois eles passam por algumas etapas diferentes no processo de fabricação. Enquanto o chopp é consumido fresco, logo após a maturação, a cerveja passa, ainda, pelo processo de pasteurização.

    VALIDADE
    O chopp, por não ser pasteurizado, tem uma vida curta: depois de pronto, o prazo de validade se limita a 15 dias sob refrigeração e no máximo 7 dias depois de aberto. Uma vez que o chopp é pasteurizado, passa a ser chamado de cerveja. Dessa forma, passará a ter uma validade de até cinco meses.

    ENVASE
    Para que a pressão do chopp seja mantida, o envase é feito, na maioria das vezes, em barris de aço inox de 10 a 50 litros. Já a cerveja é envasada em garrafas, o que facilita o consumo, transporte e armazenamento.

    CREMOSIDADE
    Durante pasteurização, a cerveja já engarrafada é submetida a um “choque térmico”, causado pelo aquecimento e resfriamento do líquido. Este processo faz com que a cerveja fique menos cremosa do que o chopp. Além disso, o chopp é servido através de chopeiras, onde recebe gás carbônico extra, dando mais cremosidade à bebida.

    Fonte: http://www.quintaldoze.com.br/chopp-cerveja-qual-a-diferenca/
    • Os primeiros registros encontrados sobre o chopp datam de pelo menos 5.400 anos atrás, quando os sumérios
    • No Brasil, o chopp chegou em 1808 trazido da Europa pela família real portuguesa. À época, era uma bebida rest
    • O Chopp no Brasil - A primeira notícia sobre a comercialização de chopp no país é um anúncio publicado no
    • Em Pilsen, cidade da República Tcheca, no ano de 1839, os cervejeiros descobriram a baixa fermentação, qu
    • Muita gente sempre pergunta qual a diferença entre cerveja e chope (também chamado de  chopp). Que a prin